Dicas de consumo - Lichia

Lichia
prod_lichia

Enfeite a mesa e decore os pratos de Natal com esta suculenta e saborosa fruta.

A lichia é originária da região sudeste da China, mas atualmente, encontra-se em diferentes áreas subtropicais e tropicais do mundo. Os principais paises produtores no mundo são China, Vietnam, Tailândia, Índia, Madagascar e África do Sul. A introdução desta espécie no Brasil deu-se por volta de 1810, com sua introdução no Jardim Botânico de Rio de Janeiro (Carvalho & Salomão, 2000).

Consumida principalmente no Natal, por estar em sua época de maturação e por sua coloração avermelhada, que contribui bastante para enfeitar mesas e pratos, a lichia ainda é pouco conhecida pelos brasileiros. Dezembro é época da colheita da fruta que vai até o final de janeiro. São Paulo, Minas Gerais e Paraná são os principais estados produtores da fruta.

Características

Apresenta casca rugosa, de cor vermelha e fácil de ser destacada. Sua polpa é gelatinosa e doce, pouco ácida semelhante à uva podendo ser utilizada em conservas e sucos, aceita também congelamento mantendo as características originais.

Valor Nutricional

Rica em ácido nicotínico, cálcio, carboidrato, fósforo, ferro, fibra, gordura, potássio, proteína, riboflavina, sódio, tiamina e vitamina C.

Não Engorda!

Rica em água, cada 100 g de lichia tem apenas 65 calorias. Ou seja, pode ser consumida à vontade até por quem está de dieta.

Cuidado com os Rins

Rica em potássio (170 mg por 100 g de polpa), deve ser consumida com moderação por quem tem disfunções renais. Neste caso, a alta concentração desse elemento no sangue pode alterar o ritmo cardíaco.

Curiosidades

Tem ação antioxidante, podendo prevenir o câncer quando combinado a um cardápio equilibrado e saudável.

E também ajuda a hidratar o organismo.

Fonte:

http://as19frutas.wordpress.com/category/14-lichia

http://www.todafruta.com.br

Twitter Facebook Email