Dicas de consumo - Cereja

Cereja
prod_cereja

Experimente todo frescor das cerejas importadas nestas festas natalinas.

Cereja é o fruto da cerejeira, planta originária da Ásia, que deve ser cultivada em regiões frias. A cereja é um fruto pequeno, com 2 cm aproximadamente, arredondado, de cor vermelha, polpa macia e suculenta. Existem muitas variedades da fruta, todas contendo vitamina A, cálcio e fósforo.

No Brasil, há apenas plantações experimentais e, comumente, a cereja é vendida somente durante a época de Natal.

Características

A cereja é uma fruta pequena, redonda e vermelha, muito apreciada na Europa.

A cereja pode ser classificada segundo seu grau de acidez. A doce, de polpa macia e suculenta, é servida ao natural, como sobremesa. A ácida, de polpa bem mais firme, é usada na fabricação de conservas, compotas e bebidas licorosas.

Propriedades Nutricionais

Contém proteínas, cálcio, ferro e vitaminas A, B e C.

Além de fornecer sais minerais como cálcio, ferro e fósforo.

Auxilia

- no funcionamento intestinal por sua ação laxativa;

- no tratamento da gota, por sua capacidade de neutralizar os resíduos dos alimentos que contribuem para o aumento do ácido úrico no sangue.

Como Conservar

Conservam-se melhor em recipientes rasos e arrumadas em camadas separadas por toalhas de papel, cobertas com filtro plástico.

Restrições

A cereja é rica em tanino e se consumida em excesso (mais de 300g por dia) pode provocar lesões estomacais. Folhas, hastes e sementes são tóxicas e podem causar falta de ar, dilatação das pupilas e convulsões.

Higienização do fruto

Para lavar, use uma bacia com 2 litros de água e 3 gotas de detergente. Deixe mergulhado durante 3 minutos. Depois lave com esponja e enxágüe bastante. Por último, coloque o alimento numa mistura de 1 litro de água e 1 colher de água sanitária. Espere 5 minutos, enxágüe e seque bem antes de armazená-lo. Assim você diminuirá o risco de contaminação por bactérias.

Dicas

Quando consumidas frescas, tem propriedades refrescantes, diuréticas e laxativas. Como a cereja é muito rica em tanino, podendo provocar problemas estomacais, não é aconselhável consumir mais de 200 ou 300 g da fruta por dia.

As cerejas disponíveis no mercado são comercializadas em pequenas cestas ou em pacotes fechados, o que dificulta a escolha. Assim, há sempre alguma dificuldade em verificar se estão firmes, brilhantes e se a casca não tem manchas ou fendas.

É conveniente comprar cerejas que ainda tenham o cabinho, pois a falta dele indica que as frutas já foram colhidas há muito tempo. Também é possível comprar cerejas em conserva: cristalizadas, em compota (com ou sem caroço), em calda comum ou calda de marasquino ou em forma de geléia.

Elas não devem ser guardadas por muito tempo. Quando estão bem frescas, podem ser conservadas por uma semana na gaveta da geladeira ou em lugar seco e arejado.

Fonte:

www.brasilescola.com/frutas/cereja.htm

www.todafruta.com.br

www.horti.com.br

www.ceasacampinas.com.br

www.prepgc20.cnptia.embrapa.br

Twitter Facebook Email